Confederação Brasileira de CanoagemItaipu Binacional

Projetos -> Projeto Meninos do Lago -> Apresentação

 

 

Com a conclusão do Canal Itaipu no ano de 2006 e a consequente autorização de acesso para que os atletas da Seleção Brasileira de Canoagem Slalom pudessem treinar no local, houve compromisso da Confederação Brasileira de Canoagem junto à Itaipu Binacional de preparar, como contrapartida,  um projeto modelo de cunho social para que meninos e meninas de bairros carentes da Cidade de Foz do Iguaçu, pudessem participar de uma modalidade olímpica pouco conhecida do público brasileiro e com equipamentos caros para os padrões nacionais.

 

No ano de 2009 o Comitê Olímpico Brasileiro ofereceu o Curso Avançado de Gestão Desportiva para a Confederação Brasileira de Canoagem, onde o Projeto começou a ser desenvolvido tendo como material de pesquisa várias obras da Federação Britânica e Espanhola de Canoagem para criação de uma didática ainda não existente no Brasil. Essa parte técnica aliada aos ensinamentos de gestão, resultou no Projeto Modelo definido como Meninos do Lago, uma alusão ao reservatório da Itaipu Binacional, onde se espera, em futuro próximo, estar com vários núcleos implantados nas comunidades que margeiam os territórios do Brasil e Paraguai.  

 

Mesmo sem o Projeto Principal concluso, apresentou-se à Itaipu Binacional a possibilidade de iniciação da canoagem em piscinas, sendo sugerido o início no Centro de Convivência Darci Pedro Zanatta, no Bairro Morumbi.  Com a autorização do Município de Foz do Iguaçu e a concordância da Empresa, em agosto de 2009 as atividades foram iniciadas com atendimento inicial de 40 atletas da rede pública de ensino, entre 08 a 18 anos de idade.

 

No ano de 2010 as atividades foram transferidas para o Canal Itaipu com o aumento significativo de atendimento para 80 meninos e meninas, da rede pública de ensino, entre 7 a 18 anos no contraturno escolar. O Projeto Meninos do Lago em Foz do Iguaçu sempre foi patrocinado pela ITAIPU BINACIONAL, com verba oriunda da rubrica social da empresa, de forma que para estas ações outros valores diferentes do desportivo sempre foram considerados tão ou mais importantes que as medalhas conquistadas. Obviamente que a Federação Paranaense de Canoagem jamais deixou de lado a sua missão, porém teve que adaptar, entender e acatar os objetivos sociais extremamente louváveis da grande Patrocinadora.

 

Com resultados expressivos na área social e desportiva, aumentou-se o número de atendimentos para 100 atletas, passando a ser considerado o maior projeto de Canoagem Slalom do Brasil. Em 2019, o Projeto passou a ser expandido para atendimento de 600 crianças e adolescentes, entre 5 a 16 anos e ao invés da Federação Paranaense de Canoagem como proponente, o Instituto Meninos do Lago – IMEL, entidade de prática desportiva especialmente criada para atender os atletas de Foz do Iguaçu, passou a organizar e gerenciar o maior projeto de Canoagem Slalom da América Latina e um dos maiores do mundo, visto que não existe registro de ação social dessa natureza.

 

 

O QUE É, QUAL MANIFESTAÇÃO DESPORTIVA ATENDE, O QUE OBJETIVA E POSSIBILIDADE DE AMPLIAÇÃO

 

 

O Projeto MENINOS DO LAGO é, na verdade, um programa social/desportivo que visa oportunizar a um público carente, a prática formal de canoagem na manifestação de RENDIMENTO. Elaborado pela Confederação Brasileira de Canoagem com apoio na execução da Federação Paranaense de Canoagem, objetiva a formação social e atlética de meninos e meninas em Foz do Iguaçu com possibilidade de ampliar para toda a Costa Oeste do Paraná, visando a busca incessante do TALENTO DESPORTIVO para a representatividade brasileira nos eventos internacionais.

 

Até o ano de 2018 o Projeto atendeu basicamente dois grandes bairros da Cidade de Foz do Iguaçu: Morumbi e Vila C, para público estimado de 100 atletas. Em 2019 a meta passou a ser o atendimento de 600 atletas iguaçuenses, espalhados por vários bairros da Cidade onde serão atendidos nas piscinas dos Centros de Convivência, através do Caiaque Polo. O objetivo é que este programa tenha vários núcleos de iniciação em toda a Costa Oeste do Paraná, os quais sempre receberão o nome de Projeto Meninos do Lago e seguirão a mesma metodologia de ensino embasada em materiais oferecidos pela Federação Britânica de Canoagem, Federação Espanhola de Canoagem, Federação Australiana de Canoagem e Confederação Brasileira de Canoagem, através de apostilas, mídias e outros materiais didáticos que foram traduzidos para o português objetivando dar condições de aprendizagem para os técnicos e atletas nacionais.          

 

A mesma metodologia e princípios básicos serão aplicados em todos os Núcleos de Iniciação (NI) instalados. O financiamento de cada um desses núcleos dependerá da captação de recursos que poderá ser realizado através das Leis de Incentivo Fiscal ao Esporte (Estadual e Federal) ou outra forma qualquer de patrocínio com projetos elaborados de acordo com a realidade da comunidade local. Esse trabalho de elaboração e aprovação dos projetos junto ao Ministério do Esporte, em Brasília, ou na Secretaria Estadual, caberá à Proponente e Confederação Brasileira de Canoagem, entretanto, isso somente será efetivado se houver a apresentação da carta de compromisso do patrocinador que deverá ser providenciado sempre pelo próprio município lindeiro interessado.    

Admin | Projeto Meninos do Lago | Desenvolvimento Carlos Henrique